Publicidades

21/12/2013 | 12:52 | Educação

Pais continuam mobilizados por turno integral na educação infantil, em Três de Maio

Principalmente as mulheres temem perder seus empregos

Foto: Paulo Marques


Um grupo de pais segue firme na luta para manter seus filhos nas creches ou nas escolas municipais de educação infantil, em turno integral, ao contrário do que foi anunciado pela secretaria de educação, que se valendo da lei quer abrigar as crianças de 4 e 5 anos de idades em turno parcial a partir de 2014.


Uma resolução do Governo Federal, diz que a partir do próximo ano as crianças com idade de 4 anos deverão frequentar escolas de educação infantil, e não mais as creches, e que os municípios são obrigados a garantir no mínimo 4h por dia para estas crianças. Os pais que estariam prevendo sérias dificuldades para o próximo ano, não concordam e querem turno integral para os seus filhos. 


Num encontro realizado com o Secretário Municipal de Educação Ernane Hehn, ele argumentou que o município não possui estrutura física e nem de pessoal para abrigar todas as crianças em turno integral.


Na manhã deste sábado (21), o grupo de pais esteve na Rádio Colonial AM em entrevista no programa Na Ponta do Lápis. Durante a entrevista, eles revelaram que o diretor do CIEP teria oferecido duas salas que estão ociosas para a municipalidade fazer uso em prol da causa reivindicada, mas o secretário da educação não teria dado retorno. A informação teria partido do próprio diretor do CIEP, prof. Osmar.


É importante lembrar, que uma moderna creche deveria ter sido entregue a comunidade em fevereiro de 2012, mas a obra está parada e sem previsão de conclusão.


Todos os vereadores manifestaram apoio as reinvindicações dos pais, e o vereador Cesar Fontoura vem acompanhando o grupo nas iniciativas e ações. 

Fonte: Paulo Marques

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer