Publicidades

12/12/2017 | 08:12 | Educação

''Projeto Revisitando a Comunidade Escolar'' na Pedagogia SETREM

Iniciativa do docente Ernani Luiz Gauger desafiou as acadêmicas a levarem à sala de aula materiais usados na educação que tivessem ao menos o dobro da idade delas

Setrem/divulgação


O desafio foi mais do que interessante: resgatar com pais, avôs e bisavôs materiais utilizados em escolas, nas salas de aula, por pessoas que tivessem ao menos o dobro da idade de cada acadêmica. E deu certo! Assim nasceu o “Projeto Revisitando a Comunidade Escolar”, desenvolvido pelo professor Ernani Luiz Gauger, no componente curricular de História da Educação, no curso de Licenciatura Plena em Pedagogia da SETREM.


“Este é um trabalho de resgate da história escolar de materiais utilizados em sala de aula ou que relembrem daquela época por pessoas ligadas às acadêmicas que tenham ao menos o dobro da idade delas. Coisas que tenham história escolar de um outro tempo para fazermos comparativo da educação hoje com o que foi feito naquele tempo. Pensamos em encontrar materiais de 30, 40 anos. Mas, para nossa bela surpresa, uma acadêmica trouxe lembranças de sua avó, com 72 anos, e outra de sua bisavó, com 92 anos”, destaca Gauger.


Segundo o docente, a ideia foi compara a educação em outras épocas com a que os acadêmicos vivenciam hoje. “Lembramos, por exemplo, da época em que havia uma educação marcada por castigo físico e questionamos os familiares mais velhos se ainda lembram de que tipo de castigo a escola oferecia. Também buscamos identificar como era a sala de aula, a dinâmica da aula, a didática que os professores usavam, os livros, os materiais didáticos e os boletins escolares. Conseguimos uma diversidade bem grande nos materiais e de relatos, possibilitando essas comparações”, conclui Gauger.

Fonte: Assessoria de Comunicação SETREM

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer