Publicidades

18/02/2018 | 07:30 | Esporte

Grêmio perde por 2 a 1 para o Veranópolis na Serra

Time treinado por Renato não conseguiu superar a equipe de Julinho Camargo

Tadeu Vilani / Agencia RBS


O Grêmio segue se complicando no Gauchão. Com reservas, perdeu para o Veranópolis por 2 a 1 neste sábado e voltou para a zona de rebaixamento no Estadual. Com só quatro pontos somados em 21 disputados, o time é o vice-lanterna na tabela e precisará de três vitórias nas quatro rodadas restantes para seguir sonhando com a classificação para as quartas de final.


Com Renato na casamata, o time de suplentes que foi a campo no Estádio Antônio David Farina teve novidades. A principal delas foi Thonny Anderson, meia que veio do Cruzeiro em troca de Edilson, escalado como falso 9. No meio-campo, a equipe teve Thaciano como volante junto a Michel e uma linha de meias com Ramiro, Lima e Alisson.


O Grêmio buscou manter a bola dominada no meio-campo no início do jogo. E teve a primeira chance aos nove minutos, em lançamento preciso de Michel, que achou Thonny Anderson dentro da área, que concluiu com perigo, em chute defendido por Reynaldo. Aos 13, outra oportunidade foi criada por Lima, que serviu para Alisson, de frente para o gol, finalizar perto do ângulo direito.


Apesar do bom começo do Grêmio, o Veranópolis tratou de equilibrar o confronto com um competente sistema de marcação. A equipe treinada por Julinho Camargo tomou a bola para si e passou a criar chances pelo lado direito, às costas de Marcelo Oliveira. E, aos 27, Bressan errou na saída de bola e chutou em cima de Felipe Mattioni, antiga promessa das categorias de base do Grêmio. E, claro, ele fez valer a lei do ex. Atuando como meia, Mattioni aparou com um cabeceio, enquadrou o corpo e mandou uma bomba com o peito do pé no ângulo de Paulo Victor para abrir o placar.


O gol desestabilizou o sistema defensivo do Grêmio. E, aos 33, o Veranópolis teve ótima chance para ampliar. Em jogada criada por Juba, Mattioni apareceu como centroavante e quase fez seu segundo gol no jogo, em chute salvo por Paulo Miranda. No minuto seguinte, a chance foi de Thalles Cunha, que arriscou ao gol para boa defesa de Paulo Victor. 


No segundo tempo, o Grêmio voltou com o meia Vico no lugar de Thaciano. Assim, Ramiro foi recuado para a função de volante para tentar melhorar a transição do meio-campo para o ataque. Assim, o time conseguiu reter a posse de bola e não demorou para empatar. Aos oito mintuos, Vico recebeu de Alisson e serviu Thonny Anderson, que invadiu a área e tocou na saída de Reynaldo para empatar.


Mas o Veranópolis não se abateu com o gol sofrido. Pelo contrário. A equipe da Serra aproveitou uma das principais fragilidades do Grêmio neste ano para chegar ao segundo gol: a bola aérea. Aos 11, após cobrança de falta, Bertotto cabeceou com força e Paulo Victor falhou ao espalmar para dentro do gol. O goleiro ainda tentou salvar, mas a bola já havia cruzado a linha: 2 a 1.


O técnico Renato, então, resolveu apostar em Maicosuel para buscar o empate. O meia, que entrou no lugar de Lima, teve boa chance aos 21 ao concluir da entrada da área, mas foi travado. O treinador ainda mandaria Dionathã a campo na vaga de Thonny Anderson, mas a equipe não conseguiu chegar ao segundo gol. 


Nas últimas quatro rodadas, o Grêmio terá de se superar com ao menos três vitórias para manter a promessa de Renato e se classificar às quartas de final do Gauchão.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer