Publicidades

23/02/2018 | 17:03 | Educação

Prefeito assina Decreto que cria a 13ª Escola Municipal em Três de Maio

Escola Municipal de Ensino Fundamental Bem Viver Caúna iniciou atividades escolares neste dia 21

Gabriel Lautenschleger / Coordenadoria de Comunicação


O Prefeito de Três de Maio, em um ato organizado pela Secretaria de Educação e na presença de professores, pais de alunos, Sindicatos e representantes da localidade de Caúna, assinou na última terça-feira, dia 20, o Decreto que cria a Escola Municipal de Ensino Fundamental Bem Viver Caúna. Durante o ato ainda foram nomeadas algumas professoras que atenderão a nova Unidade Escolar.


A Escola que terá um currículo voltado para a Educação de Campo, é a 13ª Escola da Rede Municipal de Educação e conta com cinco turmas, Pré A e B, além de 1º, 2º e 3º Ano do Ensino Fundamental.


Nas últimas semanas, os mutirões com pais, alunos e comunidade, além das Secretarias de Obras, Educação e Agricultura, foram constantes, realizando todo o processo de limpeza e organização do espaço de quatro hectares que pertence ao Estado, mas será entregue ao município para gestão deste novo conceito de Escola, uma escola voltada para o aprendizado rural, além do ensino regular. “Decidimos fazer o trabalho com mutirões para que a comunidade e os pais dos alunos se tornem parte desta construção da Escola, que tem um conceito novo e será um destaque para Três de Maio e região, para um ensino voltado para a agricultura, sem se descuidar dos currículos básicos de formação”, destaca a Secretária de Educação Tânia Georgi.


O prefeito Altair Copatti, afirmou que o projeto de Escola do Campo é fundamental para que o êxodo rural diminua, pois atualmente os locais estão cada vez com menos habitantes, e uma iniciativa como esta vai trazer vida nova para a localidade. “Vamos revitalizar os espaços da comunidade de Caúna, assim poderemos fomentar a comunidade a se manter aqui e também fica mais fácil buscar melhorias para um local que beneficia um número maior de pessoas”, finaliza.


A escola de Campo em Caúna, deve realizar a aproximação do ensino com a realidade das crianças, a valorização dos saberes do campo, fomentar o uso de espaços alternativos de ensino, como as plantações locais, realizar o aprofundamento dos conhecimentos, relacionando-os com os produzidos fora do contexto rural, além de propiciar a abertura da escola para a participação ativa da comunidade.

Fonte: Gabriel Lautenschleger / Coordenadoria de Comunicação

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer