Publicidades

03/08/2018 | 06:29 | Praia Notícias | Saúde

Número de mortes por gripe A e B sobe para 37 em SC em 2018

Maioria das vítimas tinha algum fator de risco. Na maior parte do casos, morte foi por gripe A

Lavar as mãos com frequência também é uma forma de prevenção contra a gripe (Reprodução/RBS TV)


O número de mortes por gripe A e B em Santa Catarina em 2018 subiu de 33 para 37, segundo boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) nesta quinta-feira (2). A maioria das vítimas tinha algum fator de risco.


No total, 359 pessoas tiveram gripe A ou B no estado este ano. A doença foi registrada em 88 cidades de Santa Catarina.


Foram registradas mortes em 24 municípios catarinenses:


Florianópolis e São José: quatro mortes cada


Jaraguá do Sul: três mortes


Barra Velha, Blumenau, Itajaí, Joinville e Vidal Ramos: duas mortes cada


Houve uma morte em cada uma dessas cidades: Antônio Carlos, Araquari, Balneário Barra do Sul, Canoinhas, Guatambu, Içara, Imbituba, Lages, Leoberto Leal, Nova Trento, Palhoça, Pomerode, Rio do Sul, Rio Negrinho, São Miguel da Boa Vista e Videira


Prevenção


Como prevenção à gripe, o órgão recomenda lavar as mãos com frequência e evitar ambientes fechados com aglomeração de pessoas.


A Dive-SC também orienta que sejam mantidos limpos com álcool objetos e superfícies que tenham contato direto com mãos, como mesas, teclados, maçanetas e corrimãos e que não sejam compartilhados objetos de uso pessoal, como copos e talheres.


Sintomas


O diretor da Dive-SC, Eduardo Macário, enfatizou que é importante que a pessoa procure atendimento quando tiver os sintomas. "Não fique em casa, mesmo se tiver sido vacinada. Procure uma unidade de saúde para fazer o primeiro atendimento, para ver se há necessidade do uso do antiviral, além de outros medicamentos", afirmou.


Os sintomas da doença são:


febre


falta de ar


tosse


dor de cabeça


dor de garganta


dor no corpo

Fonte: G1

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer