Publicidades

08/08/2018 | 05:29 | Polícia | Trânsito

Caminhão na contramão atropela 10 pessoas no Rio de Janeiro

Testemunhas relataram à polícia que o veiculo estava em alta velocidade

Homem em caminhão-reboque atropela pedestres e atinge carros na Penha, no Rio (Márcio Mercante/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)


Dez pessoas foram atropeladas por um caminhão-reboque que trafegou pela contramão da rua Plínio de Oliveira, na Penha, zona norte do Rio de Janeiro, na tarde desta terça-feira (7). O motorista, chamado Carlos Henrique Dantas, morreu no hospital. As circunstâncias do atropelamento ainda não foram esclarecidas. 


No início da tarde, a Polícia Militar informou que uma das 10 pessoas atropeladas morreu na hora. Policiais chegaram a cobrir o corpo para reservar o local do óbito. Ao encaminhar a vítima para o IML, porém, Bombeiros constataram que ela estava viva.


Testemunhas contaram à polícia que o motorista  teria trafegado um pequeno trecho de marcha a ré, mas logo manobrou o caminhão e seguiu de frente pela contramão, em alta velocidade.


O caminhão bateu em nove carros e uma moto. As nove vítimas foram encaminhadas para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, no mesmo bairro. 


O motorista saiu vivo do caminhão e teve que ser protegido pela polícia para não ser linchado pelas pessoas revoltadas com os atropelamentos. Ele também foi conduzido por policiais ao hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu e morreu. A causa da morte é desconhecida. Um pino de cocaína foi encontrado na cabine do motorista, de acordo com o jornal Extra.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer