Publicidades

30/09/2018 | 06:02 | Praia Notícias | Polícia

Policial mata ex-mulher, filho de três anos e comete suicídio em Camboriú

Militar lotado em Itajaí realizou os disparos após discussão sobre a possibilidade de o casal reatar o relacionamento

Elenir foi morta junto com o filho na oite desta sexta-feira (28) - Reprodução / Reprodução


O cabo da Polícia Militar (PM) Delmar Camargo, 45 anos, matou a ex-companheira e o filho na noite de sexta-feira (28) em Camboriú, no litoral norte de Santa Catarina. Após discussão sobre a possibilidade de o casal reatar o relacionamento, o militar disparou contra Elenir Ottowicz, 42 anos, e Davi Gabriel, três anos. Em seguida, também atirou contra si, cometendo suicídio. As informações foram repassadas pela Polícia Militar. 


Conforme o capitão Tiago Teixeira Guilhardi, comandante da 1ª Companhia do 12º Batalhão da PM, o crime ocorreu por volta das 23h na Rua Silveira, bairro Tabuleiro. Familiares que moram no mesmo condomínio ouviram os disparos e acionaram a PM.


O comandante também afirmou que Delmar Camargo estava em processo de exclusão da corporação havia alguns meses. O motivo do procedimento disciplinar, porém, não foi confirmado pelo oficial.


A corporação irá instaurar um inquérito policial militar para apurar as causas do crime, além de repassar o caso para investigação da delegacia da comarca de Camboriú. Os três corpos foram encaminhados para o Instituto Geral de Perícias (IGP).

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer