Publicidades

07/10/2018 | 21:08 | Política

Bolsonaro e Haddad decidirão eleição para presidente no segundo turno

Com 96% das urnas apuradas, o candidato do PSL tinha 46,70% dos votos válidos neste domingo (7), contra 28,37% do petista

Nova votação ocorrerá no dia 28 de outubro - Divulgação / Divulgação


Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) disputarão em segundo turno, marcado para o dia 28 de outubro, a Presidência da República. Com 96% das urnas apuradas, o candidato do PSL tinha 46,70% dos votos válidos contra 28,37% para o petista. Ciro Gomes (PDT) ficou na terceira posição, com 12,52% dos votos.


O PSDB, que disputou o segundo turno nas quatro últimas eleições (2002, 2008, 2012 e 2014), amargou a quarta posição este ano com o candidato Geraldo Alckmin, que obteve 4,83% dos votos válidos. Marina Silva, que em 2014 chegou em terceiro, agora ficou em oitavo, com 1% dos votos. 


Os candidatos que disputam o segundo turno têm perfis diferentes, não só nas propostas, como na trajetória política. Capitão da reserva do Exército, Bolsonaro foi deputado federal pelo Rio de Janeiro por 27 anos e acumula críticas em relação a discussões sobre questões de gênero, sexualidade e direitos humanos, além de defender a militarização de escolas e o armamento da população. Já o professor universitário Fernando Haddad foi ministro da Educação e prefeito de São Paulo. Substituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja candidatura foi barrada pelo TSE por causa das condenações por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em segunda instância, Haddad concentrou sua campanha no primeiro turno na defesa dos feitos da gestão de Lula e prometeu retomar o desenvolvimento econômico com inclusão social.


O novo presidente será conhecido na noite de 28 de outubro. A posse está marcada para 1º de janeiro de 2019.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer