Publicidades

09/10/2018 | 05:42 | Geral | Três de Maio

Prefeitura faz última rodada de coleta de entulhos nos bairros

Roteiro deve ser finalizado até dezembro, passando por 15 bairros restantes

Cíntia Klatt/Coordenadoria de Comunicação Social


Dentro de um programa que une desenvolvimento econômico e sustentabilidade - o Cidade Jardim - a Prefeitura de Três de Maio está remodelando parte da legislação ambiental o que inclui a política de resíduos sólidos. Uma das ações é que, a partir de 1º de janeiro de 2019, a administração municipal deixará de fazer a coleta de resíduos de construção civil, popularmente chamados de entulhos.  Dessa forma, a Secretaria de Obras, responsável pelo serviço, vai apenas finalizar o roteiro de coleta iniciado no começo deste ano.


“Não voltaremos nos bairros onde já passamos. É a última passada em cada bairro, seguindo nosso cronograma. Se alguém ainda tiver entulhos, a orientação é que siga a lei e contrate uma empresa para coletar pois a responsabilidade não é da Prefeitura. Estamos à disposição para mais esclarecimentos e contamos com a colaboração da comunidade”, explica o secretário, Cláudio Siqueira.


ÚLTIMO ROTEIRO


A partir desta segunda-feira (8), os bairros por onde o caminhão da Prefeitura ainda passará fazendo a coleta de entulhos são os seguintes: Esperança, Guaíra, Jardim da Figueira, Pio VII, Por do Sol, Santa Rita, Medianeira, Loteamento Santa Maria, Loteamento Sartor, Emílio Tesche, Castelo Branco, São Pedro, Jardim das Acácias, Oriental e Centro. Mais informações sobre a finalização do roteiro e orientações para destinação de entulhos podem ser obtidas pelo telefone (55) 3535-1473.


OS RESÍDUOS


De acordo com a Lei Municipal nº 1455/1996, nenhum tipo de resíduo pode ser largado em via pública ou terreno baldio, sob pena de multa. Os entulhos ou caliça são definidos como materiais provenientes de construções, reformas, reparos, demolições, preparação de terrenos ou escavações. Exemplos: tijolos, blocos cerâmicos, concreto em geral, solos, rochas, metais, resinas, colas, tintas, madeiras e compensados, forros, argamassa, gesso, arames, telhas, pavimento asfáltico, vidros, plásticos, tubulações e fiação elétrica.


Ainda segundo a legislação, os resíduos devem ser separados e depositados em coletores (caçambas, contêineres, etc.), fornecidos por uma empresa especializada, e localizados em vias públicas sem prejudicar a circulação de transeuntes e veículos.

Fonte: Ana Júlia Tiellet/Coordenadoria de Comunicação Social

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer