Publicidades

25/10/2018 | 07:50 | Educação

Engenharia de Produção da FAHOR conhece processos do setor têxtil

Fahor/divulgação


Depois de conhecer e estudar os processos das empresas e indústrias do setor moveleiro, o Curso de Engenharia de Produção da FAHOR destaca na disciplina de Processos de Fabricação, orientada pela professora e engenheira de Produção, Eliane Garlet, os processos que envolvem o setor têxtil.


Na primeira abordagem sobre o tema, a convidada foi Letícia Kruel Fornasier, ela é empresária, fundadora da empresa Qmama Baby e esteve em sala de aula compartilhando sua experiência e as motivações que a levou empreender no ramo da indústria têxtil. O foco central da palestra foi demonstrar os processos de produção dos seus produtos. Leticia frisou muito a importância do conhecimento da Engenharia de Produção no setor para otimização dos processos.


Além do controle rígido de qualidade, Letícia destaca que, cada mínimo detalhe no processo faz a diferença quando se pensa na satisfação do cliente.


O foco da empresa é criar e inovar, buscando um novo estilo, “um novo enxoval, que seja único e atenda as expectativas dos clientes”. 


O estudante  Anderson Nascimento percebeu na apresentação da empresa que apesar de ser pequena e de boa parte da fabricação ser manual, tem os processos bem definidos. “Esses momentos acrescentam muito conhecimento pois me dão outra visão da engenharia de produção, pois trabalho há anos com metalmecânica. Assim, pude perceber que apesar das diferenças, os conceitos das aulas podem ser empregados em ambos”, comentou.


A empresa Qmama está entre as quatro melhores empresas do Brasil no quesito produção, diferenciando-se dos demais por sua característica artesanal, única e seu rígido controle de qualidade. Características estas que fazem com que seus produtos sejam comercializados do sul ao nordeste.

Fonte: Assessoria Fahor

Mais notícias desta categoria

12/11/2018 | 14:40

Alimentação saudável

Publicidades


Mario Junior designer