Publicidades

01/11/2018 | 11:36 | Educação

Escola Municipal Getúlio Vargas de Independência obtém nota acima da meta no Ideb

Elisiane Ludwig


A Escola Municipal Getúlio Vargas de Independência obteve desempenho acima da meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2017 no 5º ano do Ensino Fundamental. Conforme a secretária da Educação, Zenaide Heinsch, o educandário da rede municipal obteve nota 6.2, bem acima da meta projetada de 5.2. O resultado ultrapassou até mesmo a média calculada para 2021 pelo Ideb.


A secretária atribui o bom resultado a diversos fatores, eles: a formação continuada dos educadores, ao comprometimento dos alunos e de suas famílias e às melhorias feitas na escola, tanto em infraestrutura, como em tecnologia. 


- As equipes que nos antecederam também contribuíram para que alcançássemos este resultado. No ano passado o município aderiu “A União Faz a Vida” no ano passado para a elaboração do plano estratégico das escolas municipais. Foram diagnosticados os principais problemas e apresentadas propostas para solucioná-los. Agora, se não fosse o comprometimento dos gestores e professores, nós não teríamos atingido esse objetivo. 


As turmas dos anos finais do Ensino Fundamental da Escola Getúlio Vargas, também, estão próximas de atingir a meta estipulada pelo Ideb.


O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é o principal indicador da qualidade da educação básica no Brasil. A cada dois anos, em uma escala que vai de 0 a 10, calcula o desempenho das escolas públicas e privadas do país no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, a partir questões aplicadas aos alunos em provas de língua portuguesa e matemática e da taxa de aprovação. A meta para o Brasil é alcançar a média 6 até 2021. As escolas da rede privada participam por adesão, e não é calculado o Ideb delas, apenas a média de toda a rede.


Os resultados do Ideb 2017 para escola, município, unidade da federação, região e país são calculados a partir do desempenho obtido pelos alunos que participaram do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 e das taxas de aprovação, calculadas com base nas informações prestadas ao Censo Escolar 2017. Somente têm suas notas divulgadas as escolas com pelo menos 10 alunos matriculados nas etapas avaliadas — 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio — e em que o número de alunos participantes do Saeb 2017 tenha alcançado 80% dos alunos matriculados.

Fonte: Rádio Colonial

Mais notícias desta categoria

12/11/2018 | 14:40

Alimentação saudável

Publicidades


Mario Junior designer