Publicidades

07/09/2019 | 05:37 | Praia Notícias | Polícia

Jovem é morta com ao menos 40 facadas em Araranguá, no Sul de Santa Catarina

Natália Vieira da Silva tinha 27 anos e foi encontrada em casa. Polícia acredita em homicídio motivado por desentendimento

Vítima foi encontrada dentro da própria casa, na manhã desta sexta-feira - Foto: Polícia Civil / Divulgação


Uma mulher foi morta com pelo menos 40 facadas em Araranguá, no Sul de Santa Catarina. Natália Vieira da Silva, 27 anos, foi encontrada sem vida dentro da própria casa, no bairro Mato Alto, por volta das 8h desta sexta-feira (6). A Polícia Civil trata o caso como homicídio.


Segundo o delegado Lucas Fernandes da Rosa, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, o corpo da vítima foi encontrado pela sogra dela, que mora em uma casa no mesmo terreno. A jovem estava no sofá, coberta por um lençol e deitada de bruços. As marcas de facadas estavam nas costas e no pescoço da vítima. 


Ainda conforme o delegado, a Polícia Civil acredita que o crime tenha sido motivado por um possível desentendimento da jovem com outra pessoa.


— Quarenta facadas denota muita raiva, por isso uma das nossas linhas de investigação é que o crime tenha como motivação um desentendimento — comenta.


Lucas Fernandes também informou que Natália estava morando sozinha há cerca de dois meses, período em que o companheiro está preso por tráfico de drogas. O delegado, no entanto, não acredita que a morte da jovem tenha relação com o tráfico.

Fonte: NSC Total

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer