Publicidades

09/10/2019 | 16:35 | Polícia | Trânsito

Casal morto em acidente em Cruz Alta estava junto há mais de 10 anos

Rafaela Machado Wenzing Rocha acompanhava o marido Jean Fernandes Rocha, que era caminhoneiro

Arquivo Pessoal


O casal que morreu em uma colisão entre três caminhões em Cruz Alta, na manhã desta quarta-feira, estava junto há mais de 10 anos. Jean Fernandes Rocha, 30 anos, e Rafaela Machado Wenzing Rocha, também de 30 anos, moravam no Bairro Passo das Tropas em Santa Maria. Eles se conheciam desde crianças.


Os corpos dos dois foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Cruz Alta no final da manhã e liberados à tarde.  Ainda não há previsão de horário e local para o velório e para o sepultamento, que serão em Santa Maria. 


O caminhão onde eles estavam seguia no sentido Santa Maria - Cruz Alta. Jean era caminhoneiro e fazia o transporte de areia para a empresa Arenal Comercial de Areia. O Diário entrou em contato com a empresa, que preferiu não se manifestar já que estão todos muito abalados. 


Conforme um amigo do casal, Rafaela, que era dona de casa, costumava acompanhar Jean sempre que possível em suas viagens. Os dois eram casados e não tinham filhos.


- Praticamente a vida inteira o Jean andou de caminhão. Quando pequeno, ia junto com o pai, que também era caminhoneiro - destaca o amigo, que prefere não ser identificado. 


Segundo Leonardo Machado de Andrade, primo de Rafaela, o casal cresceu junto e brincava durante a infância. Mais tarde, na adolescência, os dois começaram a namorar e, desde então, não se separaram mais. 


- O sonho deles era casar, morar junto e ter uma casa própria, o que conseguiram realizar. Agora, faltava só realizar o sonho de ter filhos. Queriam construir uma grande família. Eram pessoas muito queridas com todos, ficamos muito abalados, porque a gente nunca imagina que isso pode acontecer com pessoas que gostamos tanto - relata Leonardo.


O ACIDENTE


O caso aconteceu por volta das 6h, no quilômetro 233 da BR-158. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, três caminhões colidiram nas proximidades da unidade da Cotrijuc do Ivaí, a cerca de 3 quilômetros do trevo de acesso a Tupanciretã. Um caminhão ficou em cima da pista e os outros dois foram arremessados para o acostamento. Um deles ficou completamente destruído, com a cabine separada da carroceria.


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um Volvo/FH 540, com placas de Santa Maria, invadiu a faixa contrária e colidiu nos outros dois caminhões que seguiam no sentido oposto, um Iveco, com placas de Maravilha (SC), e um VW/24.250, de Cruz Alta. 


Duas pessoas que estavam em um dos veículos morreram com o impacto e outros dois caminhoneiros, de 44 e 56 anos, foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Eles não tiveram ferimentos graves. Não há informação sobre a origem dos veículos envolvidos na batida. 

Fonte: Diário de Santa Maria

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer