Publicidades

18/11/2019 | 05:20 | Praia Notícias | Esporte

Brasil vira sobre o México no fim e conquista o tetra do Mundial Sub-17

Seleção saiu atrás e reagiu na segunda etapa, com gols de Kaio Jorge e Lázaro

Kaio Jorge, de pênalti, marcou o primeiro gol do Brasil diante do México - CBF / Divulgação


Jogando em casa, o Brasil conquistou o título do Mundial sub-17 masculino de 2019, neste domingo (17). Disputando a final no Estádio Bezerrão, no Gama (DF), o time comandado por Guilherme Dalla Déa venceu o México de virada por 2 a 1. O gol do título foi marcado por Lázaro, aos 47 minutos do segundo tempo.


Com a conquista, os brasileiros chegam ao quarto título no torneio, no qual já havia conquistado o título em 1997, 1999 e 2003. Os mexicanos foram campeões em 2005 e 2011. A Nigéria, maior campeã da competição, tem cinco edições do Mundial.


Ao longo da companha, o Brasil venceu todos os jogos antes da final. Na primeira fase, passou por Canadá (4 a 1), Nova Zelândia (3 a 0) e Angola (2 a 0) pelo Grupo A; depois, eliminou o Chile nas oitavas de final (3 a 2), a Itália nas quartas (2 a 0) e a França nas semifinais (3 a 2).


Depois de uma primeira etapa sem gols, o Brasil era melhor, vacilou, e foi castigado. Aos 20 minutos, Eugenio Pizzuto cruzou pela esquerda para a área e Bryan Gonzalez cabeceou para o chão, no contrapé do goleiro Matheus Donelli, abrindo o placar.


Em busca da reação, o técnico Guilherme Dalla Dea tirou Peglow aos 26 e colocou Lázaro. Em sua primeira chance, aos 28, o camisa 20 recebeu da direita e, livre dentro da área, bateu de primeira - por cima do gol.


O empate passou perto aos 35 minutos, sufocando o México. Primeiro, após bela troca de passes, Lázaro chutou em cima da defesa. Depois, Daniel Cabral arriscou da intermediária e mandou mais uma no travessão. Na sequência, Gabriel Veron cabeceou por cima. Só que a arbitragem consultou o VAR e encontrou um carrinho de Alejandro Gomez sobre Gabriel Veron no início da jogada. Na cobrança, aos 38, Kaio Jorge bateu no canto direito do goleiro García e empatou. No final, aos 47 minutos, Lázaro marcou o segundo e deu o título ao Brasil.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer