Publicidades

29/09/2020 | 16:52 | Política

João Edécio destaca principais propostas para Independência em entrevista à Colonial

Paulo Marques Notícias


A Rádio Colonial está realizando entrevistas com os candidatos a prefeito de municípios da região na cobertura das Eleições Municipais 2020. Mais do que apresentar uma mera disputa entre nomes e siglas, o foco principal da cobertura eleitoral é, com independência, equilíbrio e apartidarismo, colaborar para que o eleitor faça suas escolhas da melhor forma possível, fortalecendo a democracia e o desenvolvimento das comunidades.


Na manhã desta segunda-feira, 28 de setembro, o entrevistado foi o prefeito de Independência e candidato à reeleição, João Edécio Graef, da coligação “Mais Crescimento com Experiência”, formada pelos partidos PTB, PP e Republicanos. João Edécio tem 63 anos de idade e tenta o seu quarto mandato. Durante a entrevista, foram abordados vários aspectos que envolvem a administração municipal.


Sobre os principais desafios para uma eventual nova gestão João Edécio apontou a necessidade de investimento em um projeto habitacional dada a atual demanda por moradia no município.


Além disso, citou a conservação das estradas municipais, que segundo ele apresentam alguns problemas decorrentes ainda das fortes chuvas, inclusive com danos em pontes.


A redução no número de operadores de máquinas por conta do afastamento temporário de profissionais em razão da pandemia também foi apontada como uma dificuldade que não estava prevista em seu atual governo.


Outra prioridade, segundo ele, é a remoção dos armazéns de grãos da antiga Cotap, que se encontram em área pública, com localização estratégica.


João Edécio disse que, nos últimos cinco anos, Independência vem conseguindo sustentar um crescimento constante do Imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços.


- Nós crescemos 40% nos últimos anos e somos atualmente o quinto município dentro da Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste em índice de retorno do ICMS – afirmou o atual prefeito.


Revelou, no entanto, preocupação com a reforma Tributária, que tramita no Congresso por que a proposta quer incentivar mais o consumo em detrimento da produção, o que vai causar um impacto negativo nas receitas do município já que a base da economia é a produção agropecuária.


Na entrevista, o candidato à reeleição disse que o episódio da ponte de Lajeado Pessegueiro estaria superado. A obra ganhou polêmica no início do ano passado quando vereadores da oposição denunciaram que a estrutura havia sido construída fora do rio e havia sido executada sem a devida licença ambiental. João Edécio afirmou que os trâmites no órgão ambiental foram realizados. Disse também que o desvio do leito foi necessário e que a travessia está sendo utilizada para a passagem de veículos normalmente.


Também anunciou que será feito um projeto de reflorestamento e paisagismo no local, que ainda depende do aval do Ministério Público que autorize o próprio Município a assumir o licenciamento da área ambiental.

Fonte: Rádio Colonial

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer